quarta-feira, 23 de março de 2011

I MARCHA CONTRA LGBTfobia da UFPB

NUDAS - Núcleo Universitário pela Diversidade Afetivo-Sexual

João Pessoa, 23 de março de 2011.


                   Nós do NUDAS - Núcleo Universitário pela Diversidade Afetivo Sexual da UFPB- convocamos todas as entidades, organizações e movimentos sociais a construir a I MARCHA CONTRA LGBTfobia (ódio, agressão, violência contra Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais – LGBT).  DA UFPB. Propomos essa atividade como forma de protestar contra o preconceito, combater as opressões de gênero e violências sofrida pela população LGBTTTI

No Brasil, todos os dias, 20 milhões de brasileiras e brasileiros assumidamente lésbicas, gays, bissexuais, travestis ou transexuais - LGBT têm violados os seus direitos humanos, civis, econômicos, sociais e políticos. “Religiosos” fundamentalistas, utilizam-se dos Meios de Comunicação públicos, das Câmaras Municipais, Assembléias Legislativas, Câmara Federal e Senado para pregar o ódio aos cidadãos e cidadãs LGBT e impedir que o artigo 5º da Constituição federal (“todos são iguais perante a lei") seja estendido aos milhões de LGBT do Brasil. Sem nenhum respeito ao Estado Laico, os fundamentalistas religiosos utilizam-se de recursos e espaços públicos (escolas, unidades de saúde, secretarias de governo, praças e avenidas públicas, auditórios do legislativo, executivo e judiciário) para humilhar, atacar, e pregar todo seu ódio contra cidadãos e cidadãs LGBT.

Desse modo, convidamos todXs a participar da reunião ordinária deste núcleo que será realizada dia 26/03 (Sábado), às 15h, na Praça da Alegria / UFPB.

Pauta da reunião

- I MARCHA CONTRA LGBTfobia da UFPB
·       Apresentação do projeto
·       Construção coletiva das atividades
·       Distribuição de tarefas



COMISSÃO EXECUTIVA


BLOG: http://nudaspb.blogspot.com

Telefone: (83) 87541169 / (83) 86604292

Um comentário:

  1. Olá, blogueiro!
    A melhor prevenção é a informação e usando a camisinha, todos curtem melhor a vida e sem preocupação. Homens e mulheres, de qualquer idade, orientação sexual ou classe social são vulneráveis ao vírus HIV e a outras doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Obrigado por divulgar informações e conscientizar mais pessoas sobre as formas de contágio e prevenção de DSTs. A camisinha é segura e a maior aliada nesse combate. Ela é distribuída gratuitamente na rede pública de saúde.
    Curta a vida. Sexo, só se for com camisinha, senão não dá! Com amor, paixão ou só sexo mesmo. Use sempre!
    Para mais informações: http://www.camisinhaeuvou.com.br/, http://www.aids.gov.br ou http://www.formspring.me/minsaude
    Siga-nos no Twitter: http://twitter.com/minsaude
    Atenciosamente,
    Ministério da Saúde.

    ResponderExcluir